quinta-feira, 2 de outubro de 2014

R.I.P Orkut

Hahahaha... Gente, e não é que o Orkut acabou de vez? Desde 2009, 2010, eu acho, já não usava mais o serviço, mas que a gente sente falta, sente.


Eu acho que o orkut marcou uma época porque embora antes houvessem redes sociais, nenhuma conseguia fazer você encontrar seus conhecidos. Já tive flickr, flogão, fotolog.net, Blig, ICQ e Msn, mas estes últimos eram somente serviços de bate papo.

O orkut foi do auge a decadência muito rápido. Ficou no ar por 10 anos, mas logo no seu primeiro ano de existência já demonstrou total inclusão digital, e isto no pior sentido da palavra. Aquele que agregou os haters!! Em 2004, quando foi lançado, somente um seleto grupo podia participar, nos cadastrávamos através de convites por email. Era tudo em inglês e logo depois, em abril de 2005 mais ou menos, passaram pra português. Bem como começaram a aceitar inscrições sem convite. Era legal e trágico ao mesmo tempo.

As vezes você queria postar algo mais "rebelde" mas não podia porque seus parentes já estavam inscritos em sua lista de amigos... Hahahaha. E a quantidade de fakes? Era absurda... Hahaha.

Mas o orkut tinha a melhor coisa que o Facebook, infelizmente, não conseguiu emplacar, que eram as comunidades. Haviam diversas comunidades super úteis, onde você achava filmes e músicas pra baixar, receitas culinárias, DIY, dicas de beleza, e até estudos e empregos. Minha irmã já conseguiu emprego na área de atuação por indicações de orkut. Que beleza né?

Mas também tinha MUITA TRETA CABULOSA... hahahahaha. Enfim...

Alguns dias antes do Orkut se encerrar compartilhei no meu facebook pessoal um aviso para as pessoas que quisessem salvar suas fotos lá armazenadas e esquecidas, pra não perder de vez. Ainda sim, algumas pessoas esqueceram e perderam tudo.

Mas o Google (santo Google) disponibilizou uma ferramenta pra você salvar suas fotos, recadinhos, e outras coisas que haviam em seu orkut. Basta entrar em orkut.google.com e clicar em Central de Ajuda. Espero que vocês consigam recuperar as boas lembranças ;)

Beijinhos, Thainá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas não serão aceitas *