terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Como vender doces e salgados (na rua)? Vida de Doceira #10

Aqui no blog e no Canal do Youtube Blog Detalhes eu gosto de dividir dicas de receitas e também experiências na venda de doces e salgados. Uma das coisas que meus inscritos mais comentam é sobre a insegurança de se sair pra vender doces e salgados nas ruas, oferecer às pessoas e a revendedores.

Muitos sentem vergonha de oferecer com medo de serem chatos mas também há a questão do orgulho. Devemos sempre superar esses problemas pois vender doces é algo digno e respeitável. Confira no vídeo abaixo dicas pra superar essa encanação!!


Espero que tenham gostado do vídeo e da mensagem nele contida. Organize-se para começar vender doces em 2017 e tenha um ano repleto de prosperidade 💖💗


Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal!!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Como identificar "amizades" tóxicas?

Outro dia li uma postagem muito boa no Blog da Mariana Rodrigues, Aquela Mari, sobre "amizades" abusivas. É comum lermos (principalmente em páginas feministas) sobre relacionamentos abusivos, homens agressores para com suas esposas, mas pouco se fala de amizades abusivas.

Acredito que quase todo mundo já passou pela situação de conviver com alguém que achava ser um amigo mas não era. São pessoas que fingem gostar de você, fingem te apoiar, mas na primeira oportunidade te faz pensar não ser uma pessoa boa pra ser amada, te fazem duvidar de si mesma, adoram jogar um balde de água fria nos teus planos.

Amizades Abusivas
Amizade abusiva é assim: Você está perto da pessoa mas se sente só :(

Uso até aspas na palavra "amigo" pois amigo de verdade não é assim. Logo então me pergunto: Qual o propósito destas pessoas? Se elas não gostam da gente, por que se mantém tão próximas? Isto não é um "não gostar", é um querer ser igual, ou seja, invejar. Como ela vai te imitar no dia a dia se não manter-se por perto?

Existe outro ponto importante sobre este assunto é a nossa dependência para com esta pessoa. Nós sabemos que elas nos fazem mas mesmo assim ainda permitimos sua presença nas nossas vidas e muitas vezes não sabemos porquê. Isto ocorre pelo mesmo motivo que se mantém um casamento fracassado: comodidade. É mais fácil pra gente empurrar este problema com a barriga e fingir que não existe do que realmente esclarece-la, afinal, mais fácil ainda do que no casamento, na "amizade" não precisamos vivenciar todos os dias.

Então, o que costuma fazer um "amigo" abusivo:

  • Só te procura pra pedir favores, dinheiro emprestado, coisas para os filhos dele, pedir roupas, bolsas, tudo emprestado. As vezes recusa se você pede também, e quase sempre não se dá ao trabalho de retornar a sua casa pra devolver: você que é o responsável por buscar;
  • Te compara com outros amigos, com outras pessoas, com seus conhecidos em comum;
  • Intrometesse na educação que você dá a seus filhos sendo que muitas vezes a que elx pratica não é exemplar;
  • Ressalta seus "defeitos" físicos, dizendo que você está gordinha, muito magra, sem bunda, com os seios caídos e no final ainda diz "Ah mas você é lindaaa"... Somente pra amenizar;
  • Zomba de seus planos somente pra te fazer se sentir mal, ressaltando o que pode dar errado ao invés de simplesmente apoiar e/ ou oferecer soluções nos momentos difíceis;
  • Se faz de muito amigx do seu cônjuge, fingindo conter soluções para seus problemas amorosos como se elx fosse um amante fervorosx e apaixonadx;
  • Fala mal da aparência de seus filhos criando piadinhas e no final ainda complementa: "Ah, mas eles tem uma beleza 'exótica';
  • Dá palpites sobre a aparência de sua casa sugerindo obras, reparos e decorações, como se você fosse uma pessoa relaxada e de mau gosto;
  • Ressalta uma suposta "irresponsabilidade" sua como se você fosse alguém preguiçosx, desleixado e/ou pouco estudado: "_Ahhh, você ainda está desempregado???" Ainda te cobra ações como se fosse responsável pelo seu sustento: "_Mas você tem enviado currículo??"
  • Essa pessoa chega na sua casa abrindo a geladeira, mexendo nas panelas, não avisa quando aparecerá, e ainda leva visitas pra atrapalhar mais ainda;
  • Essa pessoa chega numa festa sua e leva um bando de pessoas que você nunca viu na vida;

Amizades abusivas

Enfim, estes são somente exemplos do que uma amizade abusiva é capaz. Com certeza você já passou pela situação de viver alguma coisa citada acima, porém, um caso isolado não é o suficiente pra definir uma amizade abusiva, a sucessão de acontecimentos e a reincidência sim. Tome cuidado!!

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Recebidos: Supra Alimentos

A empresa Supra Alimentos nos enviou pra resenhar aqui no Blog alguns produtos que eu curto demais!! Sei que temperos industrializados não são 100% saudáveis mas usando com moderação não há mal algum.

Mostrei nesse vídeo abaixo os que enviaram e ainda comentei sobre os que já conheço, pois são muito amor 💗💖



Conheça as redes sociais da Supra Alimentos:

www.supraalimentos.com.br
www.facebook.com/supraalimentos


Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

E a faculdade? Fim do primeiro semestre

Se você está chegando aqui agora, deixa eu explicar. Sou formada na faculdade de Direito ⚖ que ingressei aos 18 anos. Na época foi apenas para satisfazer uma preocupação dos meus pais pois eu não sabia de fato o que cursar. Em meados do curso notei que não gostava muito e fui empurrando com a barriga até me formar. Não foi uma graduação excelente mas deu pra aprender bastante coisas. 

Desde então eu tentava me encontrar em várias coisas, até pro exterior eu fui (veja os posts sobre a Vida de Au pair), até chegar ao ponto de me matricular na Faculdade de História, que estou cursando no momento.

É muito difícil iniciar uma graduação após estar casada e/ou com filhos. Quando a gente não tem opção de "não trabalhar" é muito ruim conciliar estudos e emprego. Atualmente vendo doces e salgados (como muitos do Youtube sabem) e isso me ajuda pois eu consigo adaptar meus horários à faculdade.

Fiz uma postagem assim que entrei na faculdade dizendo que, não importa se é filhos, maridos, problemas de saúde e/ ou trabalho. O que mais atrapalha a gente iniciar um curso ou graduação são nossos pensamentos. Quanto mais a gente pensa mais a gente adia, sou super a favor de se jogar mesmo tendo medo. Sei que existem fatores que dificultam isto mas muitas vezes a vida nos mostras um caminho quando já estamos trilhando.

Hoje fiz minha última prova e posso dizer que tive um semestre excelente 😃 Mesmo tendo mais dificuldades que na época que morei com meus pais, hoje faço algo que gosto e tem uma super diferença nesse ponto. Consegui acordar cedo sem muitos dramas, frequentar todas as aulas e ter a matéria em dia, prestar atenção quase que 100% nas aulas e assim obtive êxito. O fato de ser uma segunda graduação também ajudou muito pois já me conheço e sei as melhores maneiras de estudar.

Então, se você quer iniciar uma graduação depois de "velha" (isso é modo de dizer) não pense muito. Também procure se informar como é o dia a dia da profissão escolhida e sobre as disciplinas cursadas pra ver se pelo menos rola uma identificação. Também veja vídeos e leia sobre métodos de estudos e concentração (eu, por exemplo, faço resumos) e matricule-se. Comece 2017 realizando esse sonho 💗💘

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Como se organizar para o fim do ano?

Sempre quando chega o final do ano nos animamos a colocar projetos em prática que adiamos por tempos. Aqui em casa o principal é fazermos aquela super faxina e limpar aquelas coisinhas que raramente limpamos. Vou listar algumas coisas abaixo que é comumente feitas:

  • Lavar as cortinas numa lavanderia: O tecido de minhas cortinas é muito sensível para pôr numa máquina de lavar, então, prefiro a opção de levar numa lavanderia;
  • Lavar cobertores e edredons: Outra coisa também ideal para ser lavada em lavanderia são colchas de grande peso, como edredons e cobertores grossos;
  • Doação: Adoro fazer aquela limpa no guarda-roupa e separar o que não uso mais pra doar para alguma igreja ou instituição de caridade. Tudo que vejo que não uso a mais de 1 ano e meio é doado;
  • Vendas: Ainda há aqueles objetos que estão em perfeitas condições e podem te render uma graninha ou uma boa troca. No Facebook há diversos grupos de trocas e vendas que podem te ajudar dar utilidade pra algo que você não usa mais. Eu sempre procuro pelos grupos do meu bairro, escrevo o nome do bairro + os termos "trocas" ou "rolo";
  • Limpar as janelas e pintá-las se necessário: Eu não limpo sempre as janelas de minha casa pois são de grade e dão muito trabalho. Não costumam juntar muita sujeira mas como só limpo uma vez por ano... Uma dica é limpar com uma meia velha enluvando suas mãos, e isso também pode ser usado na limpeza de persianas;
  • Organizar suas próximas metas para casa: Nessa limpeza poderosa ficará mais claro de se observar o que deseja para sua casa no próximo ano. Se desejas fazer algum tipo de reforma, agora é o momento para anotar todos os detalhes. Tire medidas dos cômodos, armários, paredes, tudo, assim ficará mais fácil de colocar os planos em prática;
  • Organize seu início de ano: Faça a rematrícula dos filhos no colégio, faça sua rematrícula na faculdade (confira a organização de suas matérias), caso esteja desempregadx, procure um meio mais concreto de fazer sua busca ano que vem (inscrevendo-se em algum site pago, agência de empregos, iniciando algum curso de profissionalização), organize suas pendências bancárias para não iniciar o ano devendo;
  • Decorar a casa pro Natal: Apesar de eu não ser religiosa eu adoro natal pois é uma época de união de nossas famílias, então, chame quem puder pra ajudar na decoração pro natal. E não deixe de conferir inúmeras ideias de decoração baratinha e reciclagem que há nos blogs e no Youtube 🎄🎅
  • Faça as pazes com alguém: Se tens alguém próximo que deixou de falar, brigou, perdeu o contato, procure essa pessoa. Muitos dizem que não procuram os amigos porque eles não o procuram, então, dê o primeiro passo 💗

Se você gostou destas dicas, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Resenha: Livro Depois dos Quinze - Quando tudo começou (Bruna Vieira) sob uma perspectiva adulta

No vídeo abaixo faço um pequeno resumo e uma resenha bem pessoal sobre o livro da blogueira e escritora Bruna Vieira (Depois dos Quinze).

A linda já lançou 4 livros ("Depois dos Quinze - Quando tudo começou a mudar" (2012), "De Volta aos Quinze" (2013), "A menina que colecionava Borboletas" (2014) e o "De volta aos Sonhos" (também em 2014) ) e ainda mais um em conjunto com outras autoras.

Sempre admirei o profissionalismo da Bruna Vieira e embora não acompanhe tanto seu blog (pois é escrito para um público adolescente), sigo-a em todas as redes sociais pois me inspira como pessoa. Penso que muitas mães possam ter dúvidas quanto ao livro para permitir que seus filhos leiam, mas fiquem tranquilas pois é um livro muito fofo super adequado a idade. Não fala nada de sexo explícito, política, violência nem nenhum outro tema polêmico que queremos manter distante de nossa família.

Além de estimular a leitura dos mais jovens ainda quebra esse paradigma de que livro de Youtuber é fútil. Sei que ultimamente muitos sentem que no Youtube só há besteiras e youtubers fúteis, mas não é não, basta pesquisar, no Youtube e na blogosfera há muita gente inteligente compartilhando o que sabe e até no que alguns veem besteira há entretenimento.

Confiram no vídeo minha opinião sobre o livro "Depois dos Quinze - Quando tudo começou a mudar".



Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Como anunciar no Instagram? Vida de Doceira #09

Neste vídeo e nesta postagem quero compartilhar com vocês algumas dicas e bizus para ajudar em vendas e anúncios do Instagram. Recentemente o Instagram lançou uma ferramenta que permite tratar seu perfil por lá como pessoa jurídica para assim permitir anúncios. Mas de que adianta gastar um dinheiro anunciando se o seu perfil e seu feed é mal organizado?

Confira no vídeo abaixo algumas dicas, inclusive pra começar do zero, ou seja, para pessoas que não sabem usar o Instagram e querem criar uma conta pra vender doces e salgados ou ainda anunciar serviços como de cabeleireiro, maquiador, vendedor de roupas, maquiagem, etc. 


Siga no Instagram @doceriadetalhes

Instagram

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Faça e Venda: Mini Pavê

Na receita de hoje vamos conferir um pavê super versátil que pode ser montado e servido de várias maneiras. O creme branco básico combina com diversas opções e leia a postagem até o final pra conferir.


Ingredientes:
  • 1 litro de leite integral
  • 3 col. de sopa de amido de milho
  • 1 "tampinha" (ou uma col. de sopa) de essência de baunilha
  • 1 caixinha (395g) de Leite condensado
  • 3 col. de sopa de açúcar
  • Biscoito Maizena
  • Leite para molhar os biscoitos
  • Cobertura a gosto (veja sugestões no final da postagem)

Modo de Preparo:
  • Numa panela, em fogo médio, misture o leite integral, a maizena (dissolvida), o leite condensado, o açúcar e a essência de baunilha;
  • Mexa até engrossas, estilo mingau;
  • Deixe esfriar mexendo bem (uso um ventilador pra ajudar) pois se deixar esfriando naturalmente criará uma película;
  • Caso isso ocorra, bata num mixxer para ficar uniforme e sem grumos;
  • Você também pode colocar um plástico filme rente ao creme e pôr na geladeira pra esfriar, assim evitará grumos também;
  • Após esfriar, forre a embalagem (ou refratário) com o creme, depois cubra formando uma camada de biscoitos umedecidos no leite;
  • Finalize a gosto;

Confira a preparação do pavê no vídeo abaixo:


Nesta receita eu finalizei a última camada do pavê com ganache de chocolate meio amargo. Fica uma delícia e vende MUITO. Você também pode finalizar com:

  • O próprio creme do pavê e amendoim torrado e moído;
  • O próprio creme do pavê e morangos picadinhos;
  • Algum creme de brigadeiro, beijinho, morango de suco em pó;
Assim você terá uma variedade de sabores :)

A Essência de Baunilha pode ser substituída por uma 2 gemas peneiradas e você ainda pode fazer as claras restantes em neve para cobrir o pavê :)

O rendimento do pavê varia pois nessa receita usei a ganache para cobertura, rendendo mais dessa maneira. Se eu usasse o próprio creme, como em alguns casos, renderia menos unidades. Eu vendo por R$5,00 numa embalagem de 200g, mas você pode variar entre R$5,00 à R$7,00, dependendo de onde você more. Estes valores são uma média e o ideal é que você conte seus gastos.

Espero que tenham gostado da dica e peço por favor que se inscrevam no canal do Youtube pra conferir de perto todos os vídeos :)

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Vantagens e Desvantagens de ser Doceira

Nesta postagem quero elencar alguns motivos para você se jogar na tarefa de vender doces e salgados. Além de ser uma profissão tradicional e lúdica, vender doces e salgados me fez uma pessoa melhor.

Existem desvantagens, é claro, como em todas as profissões, mas, se você quer vender doces e não sabe se vale a pena ou não, fica aqui a reflexão. 

Existem outras vantagens além das que citei no vídeo, desvantagens também, mas em tudo que já trabalhei, vender doces e salgados está entre as atividades que mais me proporcionam satisfação.

Acompanhe o vídeo e deixe sua opinião: Qual a maior vantagem e qual a maior desvantagem pra você em relação ao trabalho na cozinha?



Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Você não é o que você tem

Estava conversando com uma amiga dia destes e embora ela tenha opiniões e ideologias muito diferente das minhas, ela se expressa bem e tem facilidade pra tocar em assuntos que nos rodeiam. 

Nós que nascemos na década de 1980 pra frente fomos educadas pra sermos lindas menininhas além do rostinho bonito (sabe a expressão: não sou só um rostinho bonito? então...).

Claro que nas camadas mais pobres da sociedade isto pode não ter ocorrido tanto, mas nos lares de classe média ou classe média baixa, foi comum sermos cobrada profissionalmente. Eu cresci ouvindo dos meus pais e até outros adultos de minha família coisas como: _Estude, trabalhe, não dependa de ninguém. Não acho que este conselho seja ruim, se eu tiver uma filha, provavelmente orientarei no mesmo sentido, contudo, crescemos dependente do capital. Crescemos incentivadas a consumir cada dia mais e com a publicidade e o marketing agindo com agressividade.

Quem de nós não chegou aos 30 e viu os amigos com filhos, casa própria, carro zero, etc e se sentiu um fracasso? Quando há reuniõeszinhas de amigos do colegial é um disputa de ego infindável. A gente fica limitada achando que por não obtermos sucesso profissional, somos a vergonha da nossa família. O que nos conforta é que isto tem sido muito comum com pessoas de nossa idade.

Neste momento ocorre uma crise mundial no mercado de trabalho. A revolução industrial, o avanço da tecnologia e da internet contribuiu demais para que caísse o número de vagas de emprego e os jovens inexperientes são os que mais sofrem com isso. Em certos países, como aqui por exemplo, os mais velhos também sofrem com o preconceito em relação a idade e aparência.

Daí sempre quem paga o pato somos nós, que somos cobradas pelo modelo perfeito de funcionária, mas nos falta vaga, incentivo, espaço. As que são mães são as que mais sofrem: exige-se que trabalhe como uma mulher sem filhos e que seja mãe como se não trabalhasse. Falta espaço para suas crianças nas universidades e nos ambientes de trabalho. Falta espaço para suas demandas na vida!

Não devemos nos culpar 100% pela falta de oportunidades boas de emprego. Claro que devemos investir em educação e profisisonalização, mas não somos o que trabalhamos. A gente sempre é importante pra alguém a nossa volta só que o dia a dia não nos deixa perceber.

Muitas pessoas buscam esse valor e esse conforto na religião. Esta minha amiga inclusive culpa o feminismo, e isto não deixa de ser um ponto de vista. Sob o meu, o capitalismo e a vaidade humana são os responsáveis. Independentemente do que realmente seja, sempre lembre do seu valor para seus pais, amigos, filhos. Você é mais do que acredita ;)

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

domingo, 9 de outubro de 2016

Resumo dos últimos dias...

Uma das últimas postagens aqui no blog eu mencionei o fato de ter voltado a estudar. Como alguns sabem, sou graduada em Direito e agora estou estudando História e estava com muito medo de me decepcionar na faculdade, como aconteceu com a primeira.

Acontece que hoje entendo que não estava preparada na época. Talvez se eu fizesse Direito hoje me saísse melhor porque minha cabeça mudou muito. Entrei na faculdade com 19 anos e hoje, aos 29, eu comecei a ver a profissionalização com outros olhos.

A verdade que quando jovem só pensava em dinheiro e nunca havia parado pra pensar em como seria de fato estudar e trabalhar no que optei. Por conta disto acabei levando a faculdade nas coxas, mesmo vivendo no conforto da casa dos meus pais.

Hoje moro com meu marido e mesmo tendo que cuidar da casa (juntamente com ele) e trabalhar pra pagarmos nossas contas, estou me saindo melhor que na primeira graduação.

Estou apaixonada pelo curso de História e não, não são todas as matérias que amo incondicionalmente, mas 99% delas tem soado como música a meus ouvidos. Vou a aula e consigo obter uma maior concentração, entendendo quase tudo que o professor diz.

Aqui no blog não é segredo, mas evito comentar: eu amo política. Sempre gostei mas pouco entendia. Com o surgimento de páginas e canais sobre isto, ficou mais fácil de eu entender. Algumas pessoas julgam o caráter informal dessas mídias mas isto em ajudou e muito na decisão do meu curso (o que não aconteceu na primeira faculdade).

Eu evito falar de política aqui neste blog porque é um assunto muito delicado e as pessoas tendem a levar pro lado pessoal ou posicionar-se contra por ódio a nossos governantes (o que é totalmente compreensível né? rs).

Enfim... se você gosta de política também, conheça meu blog Via Esquerda, onde falo um pouco sobre minha posição política e também de História, que é o que tenha aprendido hoje em dia.

Peço desculpa pela ausência aqui no blog e na página mas é que trabalhando e estudando o tempo fica corrido. Continuo amando culinária, diquinhas femininas, dicas domésticas e tudo que eu achar interessante trago aqui pra compartilhar com vocês. Mas ao mesmo tempo quero deixar claro que há uma nova fase agora na minha vida e quero curtir cada momento porque felicidade de verdade pra mim não é um destino e sim o caminho  

domingo, 25 de setembro de 2016

Receita: Massa de Nhoque Tradicional (Gnocchi)

Se tem uma coisa que não sei fazer é Nhoque, aqui em casa quem faz é o maridão e esta receita é dele ;)

Receita: Nhoque Tradicional (Gnocchi)

Ingredientes:
  • 6 batatas Asterix médias ou grandes (cozidas na água com sal)
  • 1 gema
  • Farinha de trigo até dar ponto

Modo de preparo:
  • Cozinhe as batatas já descascadas e coloque-as pra escorrer;
  • Ao sair o excesso d'água, esprema-as e coloque numa vasilha;
  • Adicione à batata já espremida a gema e a farinha até formar uma massa que não grude nas mãos;
  • Cuidado pra não abusar na farinha pois o ponto de enrolar não é 100% "não grudento", é logo assim que você notar não grudar mais tanto e é possível formar as bolinhas;
  • Após, forme as bolinhas e numa panela com água fervente e sal, coloque-as pra cozinhar até subir;
  • Dê um choque térmico pra manter o ponto "al dente";
  • Não ponha em água corrente, o ideal é uma vasilha com água bem fria;
  • Após, deixe-os secar (escorrer) um pouco e num recipiente, cubra com o molho e queijo a gosto;
  • Deixe gratinando no forno por alguns minutos, até o queijo derreter.

Receita de Nhoque passo a passo

Espero que gostem da receita e se postarem no Facebook ou Instagram de modo público, usem a #BlogDetalhes.

Se você gostou desta receita, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Voltando a Estudar depois de "velha"... Como se motivar?

Um dos desafios da vida adulta é voltar a estudar porque parece algo tão distante quando a gente vive basicamente pra pagar contas. Estudar é gasto! Mesmo se você estudar "gratuitamente", existe passagem (ou gasolina), xerox, lanche, livros, etc. Mas é um gasto que vale a pena, e, pra mim, uma das poucas coisas que não vale a pena economizar.

Fiz faculdade de Direito com 19 anos e não fazia ideia do que queria naquela época, sinceramente, só me matriculei por pressão dos meus pais, e mesmo não gostando do que fazia, me forcei a concluir. Não me arrependo: o diploma de ensino superior abre um pouco as portas e todo conhecimento é válido, mesmo que não notemos inicialmente. Só que ainda me sentia incompleta profissionalmente.

Amo falar de culinária, vida doméstica e acho que todas as pessoas deveriam apreciar isso também, pois é algo que reflete muito no dia a dia em nossas casas, mas respeito quem não gosta, ninguém é obrigado. Só fiquei um pouco triste de não ter oportunidades de explorar melhor essa área profissionalmente. Inicialmente queria estudar algo relativo à economia doméstica, mas descartei por motivos pessoais.

Daí que, ultimamente, tenho me interessado e lendo muito sobre política. Não gosto de falar disso aqui no blog porque sempre gera treta e é algo muito pessoal. Fiz o Blog Via Esquerda e conheci um professor de história muito bom pelo Youtube (Canal Parabólica). Que que eu fiz? Me matriculei na faculdade de história.


Alias, não tenho postado aqui por causa disso, estou sem tempo, colocando matérias em dia e curtindo muito o curso que escolhi. A faculdade de história tem sido exatamente o que imaginei e me dado um gosto enorme pelos estudos. Nunca estive tão feliz :) No passado já tinha pensado em dar aulas de biologia ou história, pois era matérias que gostava muito, mas a realidade do professor me desanimou (na época).

Então, por experiência própria, só deixo um conselho: não pense demais! A gente nunca encontra condições 100% favoráveis de iniciar um projeto, sempre tem algo que atrapalha. Eu, atualmente, estou estudando e continuo minha venda de doces, mas pra mim tudo bem. Enquanto eu ficava pensando no que fazer, nada acontecia, mas quando eu tive o estalo do que fazer, fui lá sem pensar. Muitas vezes o caminho que vai nos mostrando as saídas e como lidar com as dificuldades. "Faça duas vezes antes de pensar", esse deve ser nosso lema em alguns momentos.

Outra coisa: eu queria muito prestar ENEM pra tentar alguma universidade pública mas infelizmente todas são longes demais de onde moro, impossibilitando conciliar com minhas vendas, daí me matriculei numa particular mesmo pois a maioria oferece oportunidades de bolsas de estudo. Tenho aulas com alguns alunos do curso de letras e uma pessoa que conheci paga somente R$50,00 por mês. Acho que vale a pena tentar uma bolsa, caso você queira muito (eu fiz isto, minha mensalidade baixou bastante). Fica a dica ;)

Espero que este relato motive vocês que desejam voltar a estudar pois conhecimento sempre é bem vindo e nunca é tarde pra aprender.

Beijos, Thainá.

domingo, 11 de setembro de 2016

Como vender doces e salgados (Como anunciar)?

Esta postagem visa ajudar todos aqueles que desejam obter uma renda extra vendendo doces e/ ou salgados. Ela também ajuda pessoas que trabalham em outras áreas a se anunciar no Facebook, através de Fanpages e outros tipos de propaganda. Assistam o vídeo com calma e qualquer dúvida, deixe um comentário abaixo.

Veja também: 12 passos pra divulgar no Facebook com sucesso


Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

O que fazer num feriado 4ª feira?

Muita gente se lamenta por um feriado cair numa 4ª feira, impedindo assim de viajar ou fazer qualquer outra atividade que demande mais de um dia. Hoje, 7 de setembro, nós temos o dia livre, mas muitos trabalharão amanhã. Abaixo, algumas sugestões de diversão:

  • Caminhada nas redondezas: Caminhadas sozinha ou acompanhada nas redondezas do seu bairro é bom pra notar coisas que não notamos na correria do dia a dia, além de ser uma atividade gratuita e saudável. É bom encerrar com aquela sensação de leveza e desinchar.
  • Arrumar documentos: Tudo bem que isto não é algo super divertido, mas você pode separar 30 minutos hoje pra organizar seu armário, sua bolsa, documentos naquela pasta guardada... Dica: a maioria dos boletos de cobrança hoje em dia vem com uma declaração de quitação daquele ano todo, então não precisa guardar de cada mês, não acumule papel desnecessário;
  • Separar roupas pra doação: Aproveite a organização do seu roupeiro e separe aquelas peças que não usa mais, existem várias pessoas precisando e você ainda estará se organizando ;) ;
  • Aquela receita especial: Entre aqui no blog e faça aquela receita que sempre quis mas sempre adiou :) Veja todas as receitas aqui!
  • Assista um filme ou série: Atualize-se e saia um pouco da realidade assistindo aquele filme que quer ver a tempos, mas ainda não pôde. Aqui algumas sugestões para quem gosta da temática doméstica :) Veja também este post sobre Como alugar filmes pelo Google, é super fácil e barato!!
  • Tire o dia pra si mesma: Faça um penteado diferente, uma esfoliação no corpo, passe aqueles cremes gostosos na pele... hoje é um feriado!! :)


Se você gostou destas dicas, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Quando é a hora de sair da casa dos pais?

Quando eu morava com meus pais eu sentia uma verdadeira loucura em morar sozinha. Meu relacionamento com eles era razoável, porém, tinha muita vontade de ter um canto só meu, imaginava um apartamento pequeno (porque casar não estava nos meus planos), imaginava as músicas que iria ouvir com liberdade, nos horários que iria chegar em casa sem dar satisfação, na comida que iria preparar, etc. Muito era fantasioso, mas não impossível.

Uma coisa era certa: eu imaginava que precisava-se de muito pra abandonar o conforto do lar dos meus pais. Não tinha noção alguma sobre preços e valores das coisas, contas, aluguéis, e achava que precisava estar num emprego estável e muito bem remunerado. Não foi!

Acontece que chega num ponto que fica difícil uma casa com muitos adultos, ninguém quer dar o braço a torcer, e por mais que você ame sua família, a tendência natural da vida é os filhos saírem da casa dos pais. Muitos pais também anseiam por isto, afinal, querem voltar a olhar pra si mesmos, sentir que podem deixar os filhos livres pois seu trabalho acabou. Depois eles podem até sentir falta, mas este é o certo a se fazer. Geralmente onde os filhos não saem da casa dos pais, há conflitos.

Acontece que é muito difícil os filhos deixarem a casa dos pais atualmente e o principal motivo é grana. Já é difícil morar no Brasil onde as coisas são bem mais caras do que valem, com o agravamento desta crise financeira nos últimos 3 anos, piorou.

Então se você quer sair da casa dos seus pais mas não tem grana, comece pesquisando o custo de vida onde você quer morar, veja quanto gastaria por mês com moradia, comida, transporte e pese pra ver se vale a pena. Eu particularmente adoraria morar na zona sul do Rio, mas além dos imóveis serem caros, o custo de vida também é. Uma taxa mensal de condomínio, por exemplo, é bem mais que eu ganho por mês. Isto são coisas a se avaliarem.

Mas não pense demais: as vezes pensar demais nos atrapalha!! Sério, muitas vezes desistimos de um plano por pensar demais e ficar esperando situações 100% favoráveis que nunca chegam. Em certos momentos, se jogar faz a situação ficar favorável, então, lembre-se disto ;) Sua sensibilidade e intuição farão solucionar possíveis problemas e dar conta do que vier. Vale muito a pena, a independência é deliciosa :)

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Jogo do Brasil - Seleção Feminina - Semifinais Maracanã

Hoje acabou oficialmente as Olimpíadas aqui no Rio e vai deixar muita gente com saudades. Sempre fui contra a maneira como essa olimpíada foi organizada aqui no Rio, que foi com dinheiro do povo!! Muitos aposentados e funcionários do estado ficaram sem receber, além de muitas pessoas na rua :( Mas contra o esporte não, sempre apoiei, inclusive fui em Copacabana em 2009 assistir a cerimônia de escolha da cidade, que foi super legal!!

Eu e meu marido queríamos ir assistir algum esporte nesses jogos olímpicos e acabamos optando por prestigiar as meninas da seleção brasileira de futebol feminino, pena que elas perderam. Mesmo assim foram altas emoções: minha primeira vez assistindo um jogo no maracanã e teve direito até a cobrança de pênaltis... huahaha.



Jogo do Brasil - Seleção Feminina - Semifinais Maracanã
Isto foi no começo... Maracanã ainda vazio... não imaginei que fosse ficar cheio, porém, LOTOU!!

Jogo do Brasil - Seleção Feminina - Semifinais Maracanã

Maracanã lotado

Protesto no Maracanã

Depois do jogo e da tristeza que foi a eliminação, pegamos o metrô (cujas catracas estavam livres) e fomos ao Boulevard Olímpico no centro do Rio e andamos MUITO.






Enfim, foi um dia atípico, muito gostoso, não trabalhamos e demos uma de turista. Parece que o Boulevard ainda ficará aberto por mais alguns dias, então corram pra aproveitar.

Beijos, Thainá.

sábado, 20 de agosto de 2016

Meu filho/a quer ser Youtuber, e agora?

Ultimamente muitas crianças estão desejando ser Youtuber e algumas leitoras, mães dessas crianças, me pediram ajuda.

Primeiramente, Youtuber são pessoas que trabalham criando conteúdos em vídeo pra internet. O conteúdo é totalmente opcional, você pode criar vídeos falando sobre o que quiser, sempre tem espaço pra mais um, não se assuste com "concorrência".

Geralmente canais que falam sobre um nicho (assunto) específico tendem a conquistar mais inscritos, mas você pode criar um canal sobre variedades também. Isto é muito legal: além de exercitar a criatividade do seu filho, acrescentar a rotina dele uma atividade nova, ele pode aprender um ofício, criar disciplina, e ainda contribuir com conteúdo relevante para o Youtube. Se seu filho quer criar vídeos pra internet e ainda ganhar um dinheiro com isto, vou deixar abaixo um passo a passo de como começar.

Dicas para criar canal no Youtube

  • Criando o canal: Primeiramente você pode usar uma Conta do Google (Gmail) ou criar uma nova. É gratuito. Ao criar uma conta do Google, é normal o serviço criar um perfil pessoal pra você no G+ (que é a rede social do Google) e posteriormente, ele estar vinculado ao canal que você quer criar. No entanto, isto é opcional: você pode criar um canal no Youtube vinculando-o a seu perfil pessoal no G+ ou a uma página no G+ (mais aconselhável); Acesse o youtube com a sua conta do google logada e pronto, você estará criando seu canal;
  • Ajeite seu canal: É muito importante que, ao criar o canal do Youtube, você arrume o layout (aparência) dele colocando uma foto de perfil, uma foto de capa, organize a disposição das sessões dele, isto ajuda muito no crescimento do mesmo. Adicione canais que tenham a ver com a temática na sessão de indicações pois isto ajuda também. Organize a descrição do canal na sessão "Sobre", os links para redes sociais, quanto mais organizado melhor;
  • Envie vídeos com frequência e boa qualidade: O Youtube prioriza a divulgação de canais que tenham uma boa frequência de envios, um vídeo novo por semana é bom pra começar. Tenha zelo ao criar os vídeos, veja aqui dicas de como deixa-los com uma boa qualidade.
  • Não exponha seu filho negativamente: É importante que os pais sempre monitorem o que os filhos estão enviando e assistindo no Youtube. Confira aqui dicas pra regular isto. Não deixe seu filho expôr o endereço de vocês, o nome da escola que estuda, os locais e horários onde vocês estarão porque é perigoso.
  • Prepare seu filho para críticas: O youtube também tem seu lado ruim, que são os haters. São pessoas maldosas que entram nos vídeos dos outros apenas pra falarem mal e xingarem. É importante que seu filho saiba que isto pode acontecer. Você também pode controlar esses comentários, então não chega a ser um grande problema, mas é importante que você acompanhe os passos do seu filho no Youtube, por isso tenha sempre a senha e o login, e esteja ao lado dele na produção dos vídeos.

Essas são as dicas básicas pra se começar um canal no Youtube, é bem simples e tudo de maneira gratuita. Para começar a receber dinheiro com isto, acalme-se e faça o trabalho que o Google entrará em contato com você se achar que o canal é bom para isto. Esteja disposto a ajudar seu/sua filho/a pois é algo que demanda um certo tempo pra organização e criação. Realizar tais tarefas através de um computador é bem mais fácil que por um celular, fica a dica ;)


Espero que gostem das dicas e compartilhem com outros pais que tem filho desejando o mesmo. Beijinhos, Thainá.

Curta nossa página para acompanhar novas postagens ↓😊

Mãe de pet x Mãe de gente

A nova onda do Facebook é a guerrinha entre mães e mulheres que se reivindicam "mães de pet" (mães de animais de estimação).

Não preciso nem dizer que isto é ridículo né? Comparar os cuidados que uma criança demanda com os cuidados que um bichinho demanda é o cúmulo!! 

Tenho uma amiga mãe de pet que ficou chateada por desmerecerem o cuidado que ela tem com seus cãeszinhos, e pelo menos nesse ponto eu entendo porque convivi com muitas mulheres que se acham superiores pelo simples fato de terem filhos (falei sobre elas aqui).

Agora querer comparar? Sem essa!


Nenhuma mãe de pet deixa de sair por causa do pet, salvo raríssimas exceções. Nenhuma mãe de pet é culpada pelo mal comportamento do pet, dizendo que ela "passa muito a mão na cabeça" do pet. Animais geralmente agem no automático, bastando alimentá-los e pronto. Banho uma vez por semana, quando quer castigá-los deixa o bichinho sem acesso a algum local... agora criança é diferente, elas são imprevisíveis, o cuidado é além do alimentar, você precisa entender como seu filho pensa, você se culpa por coisas que não deveria, você é cobrado/a por outras pessoas que não tem moral alguma pra palpitar, enfim, ser pai e mãe não é fácil!!

Muitas vezes dizer-se mãe de pet soa arrogante, uma postura elitista, pois muitas mulheres tem seus filhos em situações não programadas e vivem, por conta disto, com muitas dificuldades, especialmente a financeira. Mãe de pet tem a opção de ser ou não, a sociedade não as cobra que procrie, nunca é e nem será a mesma coisa, mas podemos viver em harmonia.

Acredito que muitas mulheres se digam mãe de pet por brincadeira, então, não leve esta história tão a sério que ao invés de nos unir, apenas nos separa. Acredito também que muitas mulheres problematizem este assunto por insegurança, por tentarem vender a maternidade real como algo acima do bem e do mal, bastando uma simples brincadeira para abalar seu ego... 

Enfim, o melhor é levarmos esta história na esportiva e nos concentrarmos em problemas de verdade para que a maternidade, seja de pet ou de crianças de verdade, seja sempre algo bom para a mulher e pra sociedade também.

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Meios alternativos pra Blogs

Tem tempos que não posto aqui no blog umas dicas pra quem quer ser blogueiro ou pra quem já é, né?

Acho muito legal a pessoa ter um blog ou canal no Youtube pra compartilhar seus conhecimentos e coisas interessantes no geral. Cada dia que passa fico mais viciada em acompanhar blogs e canais que falam sobre algum assunto específico pois acredito que a internet dá boas oportunidades pra profissionais exporem seus conhecimentos. Não é a toa que assisto mais Youtube que TV aqui em casa. Existem pessoas com potencial incrível para dividir com as pessoas mas nem sempre tem oportunidade, dinheiro, espaço pra fazer isto. A internet é democrática neste sentido.


A alguns anos atrás, quem queria se expor ou expor algum trabalho, conhecimento, recorria a criação de blogs (foi assim que criei este cantinho aqui) e vídeos não eram tão populares como hoje em dia. Até hoje há uma mentalidade que, pra expor algo ou se expor na internet é necessário ter um blog no formato mais tradicional, como este, por exemplo. Mas vejo que este formato perdeu um pouco suas forças. Canais no Youtube e Páginas no Facebook tem atraído muito mais expectadores e interação, pois as pessoas consomem mais tais redes sociais.

Tenho uma amiga que gosta muito de falar sobre politica em seu perfil pessoal do facebook e atinge muita gente assim. Ela manifestou a vontade de criar um blog e eu me pergunto: por que? Tudo bem que o blog, quando bem administrado, possui recursos que o Facebook não tem. Mas este último tem um alcance bem maior, uma interação que blogs não tem conseguido atingir. Quando posto uma receita na nossa página, por exemplo, são muitos comentários, já aqui, quase nada. Um blog no formato tradicional dá trabalho pra editar, no facebook é tudo mais simples, ideal pra quem não tem tanto tempo.

Acredito que hoje em dia, pra se lançar na internet de qualquer forma que seja, você NÃO PRECISA ter um blog necessariamente. Você pode usar seu próprio perfil pessoal no facebook habilitando a função "seguir", pode criar uma página, pode criar um canal no Youtube, uma conta no instagram... E pra decidir qual o melhor meio, avalie o tipo de conteúdo que deseja compartilhar. 

Quando é ideal criar-se um blog? Quando o conteúdo que você deseja compartilhar tiver uma necessidade maior de ser compartilhado em textos. Se você não gosta de escrever, não gosta de editar nem de fotografar, blog não é pra você. Fotografias também são importantes, se você gosta de lidar somente com elas, use o instagram ;)

Lembre-se que estes conteúdos tendem a contribuir de alguma maneira no futuro para nossa história, serão registros desta época, pois as redes sociais estão cada dia mais presentes no nosso cotidiano. Pode parecer viagem mas não é não, somos nós, cidadãos do mundo, com uma oportunidade de ter voz.

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

O Feminismo e a Dona de Casa

Já ouvi da boca de uma pessoa que preferia ficar em casa, cuidando do lar e do marido à trabalhar, maldizendo o movimento feminista por ter "tirado" isto dela.

Esta mesma pessoa tem um marido funcionário público que recebe uma boa remuneração, além da estabilidade. Poderia ficar o dia inteiro a toa, com um empregado doméstico realizando seus afazeres, logo, ela não fica em casa porque NÃO QUER! Nunca, nenhuma feminista proibiu uma mulher de ficar em casa e voltar-se somente a isto. Quem impede muitas mulheres de não trabalhar é o capital, que exige cada vez mais condições financeiras difíceis de se alcançar pra ter um mínimo de conforto nas nossas vidas.

Não sei porque associam o movimento feminista à obrigação de exercer-se atividade remunerada. Quem está desempregada não pode ser feminista? Feminismo é um movimento social em busca de equidade, é sobre libertação, é sobre igualdade, é assim que sempre foi e, embora tentem deturpar seu sentido muitas vezes, ele continuará sendo sempre.

Pode ser feminista e dona de casa?

Algumas pessoas alegam não precisar do feminismo, achar que hoje em dia, devido a tantas conquistas, não se faz mais necessário, porém, não abrem mão do que têm graças a ele. O machismo na nossa sociedade é tão presente que faz certas mulheres acreditarem que o movimento feminista é algo negativo pra nós, como se ser livre e independente fosse algo ruim.

Se você é dona de casa, você é muito bem vinda no feminismo, suas demandas são importantes. Todas as questões referentes a criação dos seus filhos, por exemplo, importam muito pra gente. Queremos que as donas de casas e/ou mamães não se excluam da vida social e dos espaços públicos. É importante pro feminismo entender as necessidades de uma mãe que deseja, por exemplo, fazer faculdade. É importante pro feminismo, por exemplo, investir-se em meios que tornem o transporte público melhor para quem anda com filhos pequenos. Como pode então uma dona de casa não ser feminista? Todas podem ser!!! E ainda que não se identifiquem, não se denominem, nós olhamos por você.

Nos primórdios de nossa sociedade era sim proibido à mulher o direito de trabalhar, mas nunca houve uma proibição ao direito de ser dona de casa, talvez seja por isto que muitas vezes esta demanda não apareça com tanta veemência nos discursos feministas. Mesmo assim, feministas não odeiam donas de casa, muitas de nós fomos criadas por uma, conhecemos suas dificuldades e queremos de tudo para tornar o ambiente melhor para que tenhamos mais liberdade de decidir.

E você, acha possível ser dona de casa e feminista ao mesmo tempo? Deixe sua opinião ;)


Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Faça e Venda: Cachorro quente de forno

Se você chegou agora, seja bem vindo ao Blog Detalhes. Aqui compartilho receitas para o dia a dia, mas também receitas pra você vender e iniciar assim um pequeno negócio. Acompanhe no Vida de Doceira.

Esta receita é muito fácil de fazer e econômica pois salsicha é um produto barato que quase todo mundo gosta. Além de vender bem, eu também ofereço sachês de catchup e mostarda porque combina e o cliente fica feliz.

Receita de Cachorro Quente de forno

Receita Salgada pra vendas

Ingredientes:
  • Molho de cachorro quente pronto 
  • 2 ovos inteiros
  • 2 copos (200ml) de leite integral
  • 2 copos de farinha de trigo
  • 1 pacote de sopa/ creme de cebola
  • 100ml de óleo de soja
  • 2 col. de sopa de fermento para bolos

Modo de preparo:
  • Coloque num liquidificador (ou processador adequado para massas) os ovos, o leite, a farinha de trigo, o creme de cebola e o óleo;
  • Bata bem e acrescente o fermento;
  • Caso esteja muito líquido, acrescente mais farinha aos poucos: o ponto ideal é pastoso (veja no vídeo);
  • Assim que atingir o ponto ideal, coloque um pouco na fôrma de alumínio (marmitinha) e cubra com o molho;
  • Leve em forno médio até dourar bem

Assista o passo a passo em vídeo abaixo:


Esta receita eu vendo por R$5,00, numa embalagem de 250g, porém, este valor vai variar conforme o explicado aqui neste vídeo.

Além do cachorro quente de forno, também pode-se fazer uma tortinha de frango com esta mesma massa, observem na segunda foto. Fica super gostoso e os clientes amam!!

Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Atualizações do Blog

A um tempo eu estava precisando dar uma atualizada por aqui pois criei algumas redes sociais pro blog e não usava.

Atualmente nós temos a Fanpage que é o maior canal de interação >>> Blog Detalhes
Temos o canal do Youtube onde lançamos vídeos esporadicamente >>> Blog Detalhes
O Instagram com atualizações semanais, fotos chamadas para cá e para o canal >>> @blogdetalhes
E o Pinterest que mal uso como rede social mas curto bastante >>> /blogdetalhes

Sigam nessas redes sociais pois sempre estou mandando recadinhos e notificações por lá. Eu tinha Twitter, Snapchat e We heart mas preferi me desfazer dessas redes pois nunca atualizava e não tem a ver comigo. Se caso vocês verem alguém se passando pela gente nestas redes sociais já sabem que é algo falso né? Beijinhos, Thainá.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Bullying em Família - Um problema que tem solução!

Neste blog damos muita importância a instituição família, ao casamento, e a união matrimonial. Quero deixar claro que eu, Thainá, respeito todas as formas de união que não resultem mal a alguém, logo, o amor e a família, por ser algo tão importante, deve ser direito de TODOS (independentemente de cor, credo e orientação sexual).

A um tempinho atrás fiz uma postagem sobre O que pode acabar com sua família e rendeu muita polêmica pois a militância LGBT e feminista é acusada injustamente de querer acabar com a família tradicional, mas o que realmente faz uma família acabar nada tem a ver com estes movimentos sociais.

A verdade que é muito difícil manter a convivência com pessoas 100% livre de atritos. Mesmo se você morar com companheiros de quarto que nada possuem de vínculo sanguíneo, ainda sim haverão desavenças. A dificuldade em vivermos sobre um mesmo teto ocorre em famílias tradicionais, em não tradicionais e até em quem não se considera família.

Além dos problemas comuns citados na postagem polêmica, algo que atrapalha demais a convivência é o Bullying entre familiares. Pra começar, vamos esclarecer o que é bullying: É todo comportamento de ameaça e intimidação a uma pessoa. Geralmente estas coações são acompanhadas de xingamentos e apelidos degradantes, por isto quando alguém faz uma piadinha desrespeitosa é comum (e errado) chamarmos de bullying. Só que na prática não faz tanta diferença... Por que? Porque todos os xingamentos, apelidos e piadinhas que fazem com que o outro se sinta mal podem gerar comportamentos intimidadores e violentos no futuro, tanto pela parte de quem ouve como pela parte de quem age. Ou seja, você pode achar que não tem nada demais em chamar alguém de "veado" ou "gordo", mas as pessoas que são violentas com estes grupos tiveram sua origem comportamental nestes pensamentos. É um mal que deve ser combatido pela raiz.

O que isto tem a ver com nossas famílias? Tudo, afinal, na maioria das vezes são elas que criam e incentivam estes comportamentos violentos, mesmo que indiretamente. Violência não é só física, palavras e atitudes também machucam e segregam. Quando os pais ficam falando pra uma filha que ela está gorda, quando os tios debocham do jeito afeminado do sobrinho, quando os avós falam mal das roupas do neto, estão contribuindo indiretamente pra uma violência futura.

É comum entre adolescentes quererem se isolar e serem taxados de rebeldes, anti-sociais por não estarem perto de seus parentes, mas pra muitos isto é uma tarefa chata. Quem nunca deixou de ir num almoço de família por saber que um parente "entrão" estaria lá? Se você já passou por isto, faça sua parte contribuindo para que certos tipos de coisa não continuem acontecendo.

Como resolver este problema? É simples: Se ao reunir sua família há um familiar dizendo coisas maldosas, deixe-o falando sozinho, não ria e se possível, discorde. Os mais jovens geralmente não tem voz pra protestar, então cabe a você dar um basta neste tipo de comportamento, pois ele pode ocorrer com você num momento posterior. 

Vamos tentar fazer de nossas reuniões familiares momentos mais agradáveis, sem alfinetadas nem piadas de mau gosto. Isto sim é ser a favor da família. O que seu sobrinho ganha, gasta ou faz não é problema de ninguém além dos pais dele. Beijos, Thainá.

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

Faça e Venda: Mini Empadão

Quem acompanha lá no Youtube sabe que trabalho vendendo doces e salgados. Daí comecei a fazer vídeos com dicas pra quem quer se aventurar fazendo o mesmo. Criei a série 'Vida de Doceira' e isto tem gerado bastante interação.

Hoje resolvi compartilhar com vocês uma receita que me pedem muito pois a aceitação de clientela é ótima: mini empadão!

Faça e Venda: Empadão de Frango

Vendo este empadão por R$5,00 numa fôrma de 250g. O lucro é muito bom! Além disto, existem maneiras de incrementar a receita deixando-a ainda mais gostosa, vou deixar nas observações abaixo.

Ingredientes:
  • Margarina
  • Farinha de trigo
  • Sal
  • Fôrmas de alumínio
  • 1 gema
  • Coloral (opcional)
  • Molho a gosto

Observações:
  • Sobre a margarina, não importa a quantidade: ela só vai interferir no número de empadões prontos. Quando você usa um pote inteiro de 500g geralmente dá pra fazer uma média de 16, 17 empadões de 250g. A farinha de trigo que dará o ponto;
  • Você pode usar a farinha integral pra tornar o produto mais saudável, mas observe o quanto isto interferirá no preço. A aceitação é ótima visto que muitas pessoas vivem preocupadas com o corpo, então, vale a pena arriscar;
  • O sal é a gosto, mas se a margarina já for com sal, deve-se colocar menos. Não é pra deixar de usar o sal, ele interfere no gosto;
  • O óleo na gema é somente pra render um pouco mais, não faz diferença no gosto;

Modo de Preparo:
  • Coloque numa tigela a margarina e com as mãos vá misturando a farinha de trigo e o sal;
  • O ponto ideal da massa é aquele em que você consegue fazer uma tirinha de massa, por exemplo, sem ela se desfazer; Se você colocar muita farinha e ficar seca, corrija com um pouco de óleo de soja;
  • Coloque a massa nas fôrmas de alumínio, não precisa untar: deixe a massa fina pra ficar mais gostosa;
  • Encha com o molho já frio e não exagere (no vídeo é possível ver a quantidade ideal);
  • Coloque a tampa feita com a massa, pincele uma gema e leve a fogo médio a alto por cerca de 35 minutos;

Tire todas as suas dúvidas acompanhando o passo a passo em vídeo:



Depois nos conte o que acharam desta receita e se ela foi bem recebida por seus clientes. Lembre-se que o preço colocado por mim nem sempre servirá perfeitamente pra você eis que cada local vende seus ingredientes com valores distintos. Curta Doceria Detalhes pra mostrar seu apoio e ver como eu anuncio meus doces.

Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

domingo, 7 de agosto de 2016

Meu aniversário 2016

Hoje estou completando 29 anos e estou muito feliz por viver esse momento com minha família 

Comemorações do meu aniversário 2016 / Adega Aldeia's

Nós fomos na Aldeia's, que é uma adega aqui perto de onde moramos e foi muito bom. Comemos churrasco e por fim compramos uma torta pra celebrar. É raro sairmos juntos por conta de nossos afazeres no dia a dia, mas quando nos reunimos é ótimo. Estou muito feliz!!  Beijos, Thainá

sábado, 6 de agosto de 2016

Como convencer o marido a dividir as tarefas de casa?

Converso com diversas mulheres sobre a vida doméstica e uma grande reclamação entre elas é que o marido não faz nada dentro de casa. Muito disso ocorre pelo que mostrei aqui neste texto, que é a  ideia de que a mulher ser dona de casa acabar influenciando muito no comportamento do homem.

Acho injusto um homem não lavar nem um copo só porque trabalha fora e a mulher fica em casa pois dentro de casa ela também está ocupada, nenhuma dona de casa fica 100% a toa. Tem dias mais leves, mas no geral, todo dia tem serviço. Em contrapartida também acredito que se o homem ficou o dia todo pegando no pesado trabalhando, não custa nada a mulher arcar com a maior parte do serviço doméstico. O contrário também!

Estas coisas devem ser conversadas e acordadas, cada casal tem seu ritmo e muitos não se importam de fazer certas coisas. Então, o diálogo é a coisa mais importante a ser priorizada.

Mas Thainá, meu marido não conversa comigo, ele não me escuta, o que posso fazer? Primeiro defina o que gostaria que ele fizesse caso você sinta que entende melhor da dinâmica da casa que ele. Aqui por exemplo, meu marido divide as tarefas comigo, mas eu acabo determinando o que cada um fará porque entendo melhor essa dinâmica. Isto não é uma exclusividade da mulher como muitos pensam, é que a mulher desde cedo é condicionada a ser organizada tendo assim uma facilidade maior em questões de organização. Só que nem todas são assim: existem mulheres que não se identificam tanto com o padrão "dona de casa" assim como tem homens que são bem organizados. Em todos os casos precisa-se de uma certa organização por parte dos dois e geralmente uma parte do casal toma essa iniciativa: ótimo! Os problemas caseiros geralmente surgem quando nenhum dos dois tem organização alguma.

Organização na verdade não significa "perfeição". Se a maioria das coisas em sua casa tiver um local certo pra se guardar, ao acordarem e antes de dormirem vocês mantiverem a maioria em seus respectivos locais, isto já é um grande passo. Combine com seu marido que acordarão 30 minutos antes de iniciar suas atividades diárias pra dar aquela "geral" na casa (não estou falando de faxina), isto costuma funcionar bem. Também pode ser pela noite: 30 minutos antes de dormir dar aquela geral na casa.

Mas Thainá, nós não temos tempo! Bem, você pode deixar estas tarefas mais voltadas pro final de semana. Ainda sim seu problema é como convencer o maridão né?

Bem, ninguém é 100% igual, e por mais que os homens possuam características semelhantes, eles se diferem em algum detalhe. Você é a pessoa que o conhece melhor pois moram juntos, ou pelo menos você deveria conhecê-lo bem, já que são companheiros.

Os homens que não gostam de dividir as tarefas domésticas acreditam que esta é uma obrigação natural da mulher então a primeira coisa a fazer é conversar. Se isto não deu resultado, o que pode-se fazer é mostrar os malefícios desse pensamento. Se você começar a deixar de fazer coisas legais com ele porque está ocupada arrumando o que poderia ser feito em menos tempo com a ajuda dele, talvez ele sinta na pele as consequências de não dividir as tarefas da casa. A mulher que arca com tudo sozinha ficará impaciente, cansada, muitas vezes mal arrumada, e eles não costumam gostar disto. Mostre que ao ajuda-la estas coisas poderão diminuir ou não existir.

A verdade é que conversar muitas vezes não adianta nada, os homens que são folgados tendem a ignorar tudo, então, como convencer? Mostrando o quanto isto é negativo ao casamento de vocês. Existem outras questões que envolvem filhos, mas os pais são autoridades sobre eles e isto deveria ser mais fácil com a simples obediência: Vocês são os pais e eles são os filhos, isso não deve se confundir. O problema é conciliar obrigações para o marido, pra você e seus filhos. não é? Quando o marido pode, empurra o serviço para os filhos, o contrário também ocorre e nem sempre isso é justo. Cada família se conhece melhor do que ninguém e se você não tem essa sensação sobre seu companheiro, cabe refletir sobre este relacionamento. Se você não tem essa sensação sobre seus filhos, cabe tentar uma reaproximação. Família é assim, difícil de conviver, mas a proximidade facilita muito a convivência e o respeito.

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Receita: Maionese Verde + Isca de Frango

Ainda no clima dos petiscos para assistir esportes, sugiro esta receita deliciosa que minha família adora quando faço. É bem simples e econômico, ideal para fazer rapidinho, sem complicação.

Receita: Maionese Temperada e Isca de Frango

Ingredientes:
  • Iscas de Frango:
- Tirinhas de filé de peito de frango
- Sal a gosto
- Pimenta
- Molho Shoyo
- Orégano
- Farinha de trigo (ou farinha de rosca)
  • Maionese Verde (também conhecida como maionese de hamburgueria, ou maionese temperada)
- 2 xic. de Maionese industrializada
- 1 col. de sopa de Alho
- 2 col. de sopa de Cebola
- 2 col. de sopa de Cebolinha

Modo de Preparo:
  • Tempere os filés de peito de frango com o sal, a pimenta, o molho shoyo e o orégano;
  • Deixe "pegando" o tempero por cerca de 1 hora;
  • Empane os filés na farinha de trigo (ou na farinha de rosca) somente encostando-os, não é necessário passar em ovos;
  • Frite os filés em óleo bem quente e coloque num recipiente com papel toalha pra escorrer o excesso de óleo;
  • A maionese deve ser batida com o alho, a cebolinha e a cebola num liquidificador ou mixer;
  • Acrescente uma pitada de sal se necessário

Acompanhe o passo a passo em vídeo abaixo:



Se você gostou do vídeo, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊

Sugestões de lanches pra assistir os Jogos Olímpicos

Não sou muito fã de esportes mas hoje vou me reunir à minha família para assistirmos a abertura dos Jogos Olímpicos aqui no Rio.

Com isto, preparei alguns lanchinhos e vou deixar algumas sugestões do que vocês podem preparar pra assistir como aperitivo.

Sugestões de aperitivos pra reunir os amigos

Coxinha (ou salgadinhos fritos): É super fácil preparar esta massa básica que serve pra coxinhas de galinha e outros salgados fritos como risoles, bolinhas de queijo, etc. Observe na receita que a única coisa que irá mudar é a "saborização" da água usada pra criar a massa. Receita aqui!

Bolinhos de Chuva: Se você prefere algo doce pra acompanhar, confira esta receita super fácil de bolinhos de chuva. Com um docinho de leite fica perfeito. Receita aqui!

Pastéis de Forno: Esta receita é simples e alternativa pra quem não curte frituras. Receita aqui!

Pão de queijo: Você pode até comprar pãeszinhos de queijo congelados, mas esta receita caseira é muito mais gostosa. Faça sem medo pois é simples, não tem nada de dificultoso. Receita aqui!

Enroladinho de Salsicha: Estes enroladinhos podem ser salsicha mas também ficam uma delícia com queijo e presunto. Receita nota mil, é esta que farei aqui em casa, mas recheado com carne moída e em forma de esfirras. Receita aqui!

Tortinhas de Frango: Esta receita é bem simples, feita com massa de pastel, e você pode ousar no recheio. Receita aqui!



Espero que gostem das sugestões e caso façam alguma das receitas, postem no Facebook (em modo público) ou no Instagram com a #BlogDetalhes


Se você gostou destas dicas, inscreva-se no nosso canal pra nos ajudar com seu incentivo 😊