terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

A pornografia e o Casamento

Neste blog um assunto bem comum é Casamento e é disto que me deu vontade de falar hoje. A poucos dias o ator Terry Crews, o Julius de "Todo Mundo Odeia o Chris", famoso por seu personagem também no filme "As Branquelas" fez um vídeo confessando seu vício em pornografia e desabafando, dizendo o quanto isto pode ser prejudicial na sua vida, principalmente no seu Casamento.

Isto me fez lembrar do vídeo que contei um pouco sobre o Livro Casamento Blindado. Se você ainda não assistiu, veja aqui >>> Resenha: Livro Casamento Blindado.

Primeiramente, deixa eu explicar uma coisa: quando pessoas moram juntos em um relacionamento amoroso, independentemente de sua orientação sexual, ou até em relacionamento de amizade, existem regras de convivência que não dá pra se ignorar. Não acredito em relacionamento sem compromisso e sem regras, nem em você dividir um teto com alguém sem acordos mútuos. Somos pessoas, e a racionalidade é o que nos difere dos animais. Se você tem um tipo de relacionamento e declara ausência de regras, parabéns, mas na prática, ainda não conheci nenhum.

Explicado isto, vamos ao assunto. Quando me casei/ fui morar junto, dei uma lida sobre o assunto "Casamento" e cheguei a conclusão que, por mais modernos e diferentes que queiramos ser, ainda sim passaremos por situações clichês que vão nos ensinar algo no futuro. Não gosto de generalizar nem criar rótulos, mas existem coisas inerentes a nossa natureza. A pouco tempo vi uma entrevista do Thammy Gretchen em que ele declara que, por mais que seja homem (e ele é, um homem trans), ele não é de olhar para uma mulher e sentir desejo de cara apenas apreciando sua aparência. Ou seja, por mais que ele tenha masculinidade em seu ser, ainda há algo feminino dentro dele. Não porque ele "é mulher", "nasceu mulher vai morrer mulher", e sim porque temos algo em nós do sexo oposto sempre e essas raízes são difíceis de driblar. A natureza dele é essa, disso não dá pra correr, logo, por mais que nos esforcemos em não ser rotulados, estereotipados, há coisas inevitáveis.

Terry Crews As Branquelas
Making my way downtown, Walking fast, Faces passed, And I'm home bound...

Por que estou falando isto? Porque acredito que a pornografia é inevitável, ainda mais com a facilidade de acesso de hoje em dia. Não vejo mal em uma pessoa assistir pornografia pra se excitar, o ruim é quando ela passa a ser parte dominante de sua vida e seus relacionamentos. Quando o homem assiste muita pornografia, ele tende a comparar sua companheira com aquelas atrizes, que estão fazendo sexo em uma circunstância bem diferente de sua esposa. O bom passa a não ser suficiente pra ele e isso desmorona um casamento.

No Livro Casamento Blindado são abordadas situações bem clichês que os mais revolucionários tentam fugir a qualquer custo, mas que é bem difícil de se conseguir. Eu falei que os autores declaram ser contra a pornografia e que eu não concordava com eles 100%, no entanto, compreendo perfeitamente as razões deles. Por que a pornografia é prejudicial? Além de fazer o homem acreditar em coisas não realistas, põe a mulher como objeto feito pra servir e nada mais. Dificilmente você assiste um pornô onde o objetivo principal é dar prazer a uma mulher, normalmente só é assim quando é um filme lésbico. Eu queria muito que a indústria cinematográfica deste ramo parasse de produzir filmes onde a mulher faz coisas que NENHUMA mulher gosta.

Claro que vai ter homem recalcado falando: _Ah, conheço uma que gosta, você é mal amada, mal comida, falta de rola, bla bla bla. Mas gente, bota a mão na consciência, vamos ser realistas: Tem muita coisa que a mulher não gosta de fazer, só faz pra agradar o marido, que muitas vezes não se satisfazem por comparar com estes malditos filmes irreais. Dizem que em certos países, pornografia que envolve violência é até proibida, pra não despertar em certos homens desejos doentios. Aqui podiam levar isso pra vida também.

Enfim, não me digo totalmente contra, mas também não levanto bandeira. E você, o que acha sobre isso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas não serão aceitas *