quarta-feira, 23 de março de 2016

Tipos de Chocolate e suas diferenças

Esta postagem será especialmente para a Páscoa que vem aí, explicando a diferença entre os Tipos de Chocolate e como manuseá-los, bem como a diferença entre Bombons e Trufas.

Quando você vai fazer trufas ou bombons caseiros, primeiramente você deve saber a diferença entre tais e a diferença nos tipos de chocolate que temos disponíveis no mercado.

Tipos de Chocolate e suas diferenças


Barras de chocolate fracionado/ cobertura
Estes chocolates são os mais usados na culinária pois são mais baratos e mais fáceis de se usar: não necessitam de temperagem (choque térmico) e tem maior resistência ao calor, pois em localidades muito quentes (como o Rio, onde moro), os chocolates puros derretem com muita facilidade.

Para utiliza-los basta derreter em banho-maria ou no microondas (mexendo de 30 em 30 segundos). Nunca derreta diretamente numa panela pois queima e estraga o chocolate.

Eles são ideais pra fazer-se bombons recheados, bombons trufados, recheios de bolo, ovos de páscoa de colher, etc. Não aconselha-se usa-los puro, como em pirulitos de chocolate por exemplo, pois tem um leve gosto de gordura hidrogenada, já que sua porcentagem de cacau é baixa (daí seu valor ser mais baixo). A regra é: se tiver um acompanhamento ao chocolate, pode usar sem medo ;)

Barras de chocolate puro
O chocolate puro é ideal pra usar em situações que usamos SOMENTE ele. Nesta páscoa há pessoas vendendo "cenourinhas de chocolate" que são chocolates puro em forma de cenoura. Assim, devido a ausência de algum acompanhamento, o ideal é usar chocolate puro mesmo.

Ele também é recomendado ao fazer bombons ou barrinhas crocantes, como as com flocos de arroz, por exemplo, pois não murcha. Para isto, você deve derreter o chocolate (da mesma forma que o fracionado) e ao retirar, ainda quente, dar um choque térmico em água gelada.

Tenha cuidado ao dar o choque térmico pois se estiver gelada demais ou ficar muito tempo, pode endurecer o chocolate e você não conseguirá manuseá-lo. O ideal é que ele chegue a 28ºC pra começar a ser manuseado, no entanto, nem todos tem termômetro em casa, então a dica é observar quando ele começar a grudar nas laterais do recipiente que você usou pra derreter. Ou seja, ao derreter e colocar numa vasilha com água fria pra dar o choque térmico, não pare de mexer o chocolate até fazê-lo descer a temperatura a 28ºC, você notará ele começando a grudar/ endurecer nas laterais do recipiente, o que quer dizer que está pronto pra ser usado.



Trufas
A verdadeira trufa é feita com chocolate e creme de leite. Se faltar um destes ingredientes, não é trufa. É comum pensar que trufas levam elementos alcoólicos, mas isto não é essencial pra defini-la: o álcool é bastante usado como conservante, aumentando de 5 para 15 dias o tempo de validade de uma trufa ou bombom trufado.

As verdadeiras trufas são enroladas e passadas no cacau em pó, como nas imagens abaixo.

Tipos de Chocolate e suas diferenças

Bombons trufados
Segue a mesma lógica das trufas, tem que ter CHOCOLATE e CREME DE LEITE porém, tem aquela casquinha de chocolate em volta. É comum vender-se bombom trufado como simplesmente "trufa", mas se tiver casquinha de chocolate, é bombom ;)

Tipos de Chocolate e suas diferenças

Muitos vendem bombons recheados como trufa, o que é errado. Se for um recheio simples, sem chocolate ou sem creme de leite, é apenas um bombom recheado e só.


Enfim, espero que tenham aprendido as diferenças entre os tipos de chocolate e as diferenças entre trufas e bombons trufados (ou recheados).

Vocês querem que eu mostre como faze-los? Se sim, deixe um comentário abaixo ;) Beijos, Thainá.

quinta-feira, 10 de março de 2016

DIY: Puxa Saco (porta sacola plástica) - sem costura

Faça você mesmo: porta sacolas plásticas

Hoje decidi fazer um passo a passo de Faça você Mesmo criando um Porta Sacolas Plásticas, também chamado de Puxa-Saco, utilizando material reciclável, coisa que gosto muito pois assim ajudamos o meio ambiente.

♥ Veja aqui: Como ajudar o meio ambiente fazendo sua Coleta Seletiva

É bem simples fazer este puxa-saco, eu só não fiz com mais agilidade pois estava preocupada na elaboração do vídeo, que você pode acompanhar abaixo:

Lista de materiais: 
  • Uma garrafa pet de 2 litros ou mais (higienizada)
  • Tesoura
  • Estilete
  • Um pedaço de tecido retangular
  • Cola branca
  • Cola quente
  • 1 fita ou sianinha pra acabamento
  • Aviamentos pra decoração (opcional)
  • Ferro de passar roupa


Caso você reproduza este Faça Você Mesmo em casa, poste no instagram com a #BlogDetalhes. Vou postar aqui as fotos :)

Beijos, Thainá.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Recebidos: Sakura Alimentos

A um tempinho atrás recebi da marca Sakura Alimentos uns produtos pra testar e contar pra vocês. Demorei fazer esta resenha justamente por estar testando os produtos... rs.

Produtos Recebidos: Sakura Alimentos

A Sakura me enviou alguns produtos que gosto e uns que meu marido provou por mim...rs. Vamos lá?


Molho para salada tipo oriental:

Recebidos: Sakura Alimentos

Eu sinceramente não sou muito fã de salada, mas este molho é bem gostoso e consegue dar uma melhorada no sabor de certas verduras e legumes. O sabor de limão indicado é bem leve, combina super bem com saladinhas de alface com tomate, e tem uma consistência mais líquida, o que faz com que precise ser chacoalhado ao usar. Não contém glúten, o que é ótimo até pra quem não é celíaco.


Molho Shoyu (de soja):

Recebidos: Sakura Alimentos

Este molho shoyu foi o produto que mais gostei, porque adoro molho deste tipo e também porque este é bem gostoso, é superior a outras marcas. Uso muito em bifes de contra-filé, carne moída (juntamente com molho de tomate), frangos, etc. A única coisa que não gostei foi esta tampa que deixa cair muito produto e acaba fazendo sujeira.


Molho de pimenta Bravo:

Recebidos: Sakura Alimentos

Esta pimentinha, coincidentemente, é servida num dos restaurantes que eu e Eduardo mais frequentamos aqui no Rio. Ela é uma delícia!!! Mas não combina com alimentos tipo refeição: ela fica super gostosa em salgadinhos fritos: coxinhas de frango, quibes, etc. Boa demais!! E gosto muito desta embalagem pois é pequena, ideal pra quem tem pouco espaço na dispensa, como eu... rs.


Sopas instantâneas Missoshiru:

Sopas instantâneas Missoshiru Sakura Alimentos

Estas sopinhas são uma ótima opção pra quem trabalha e tem o dia muito atarefado, mas infelizmente eu não gosto de sopas no geral, nem instantâneas nem "naturais"... rs. O meu marido comeu e gostou, principalmente da de carne, mas não sentiu uma grande diferença em relação a outras marcas. Sopa é aquilo né, tem que ter um pãozinho pra acompanhar. Enfim...

Um detalhe que quero agradecer a marca é pelo cartãozinho fofo com indicação dos produtos e as sacolinhas de tecido e de plástico que acompanharam, tudo bem arrumadinho e mimoso *.*




Espero que tenham gostado da resenha e que conheçam outros produtos desta marca super fofa com seu toque oriental.

domingo, 6 de março de 2016

Sobre a época de Au pair | Meu ano de Au pair nos USA

Resolvi fazer este post aqui pra falar de um assunto antigo porém ainda falado no blog.

Se você chegou aqui agora, deixa eu explicar: sempre fui blogueira, falava sobre dicas de beleza, cabelos, porque em meados de 2010 era o assunto que estava em alta. Porém, em 2013 fiz intercâmbio para os EUA e falei sobre isto aqui no blog. Dividia com outras meninas que também faziam ou queriam ser Au pair nos EUA informações sobre esse tipo de programa de intercâmbio.

Até hoje muitas pessoas me procuram pedindo informações sobre esse assunto e infelizmente sinto que não posso mais ajudar como antes, porque, pelo que soube, muitas regras pra participar desse tipo de intercâmbio mudaram.

Aqui no Blog tem uma sessão somente com posts da época, se você quiser ver, basta clicar aqui: Au pair.

Intercãmbio Au pair nos USA

Quando eu fui para os EUA, fiquei na cidade de Parker no Colorado e morei com uma Host family com 4 crianças. Dava muito trabalho mas pude aprender muita coisa nessa época. Pra mim, é mais fácil falar sobre isto agora porque quando amadurecemos vemos que erramos e temos outra perspectiva das coisas.

Depois de morar alguns meses com esta família fui para Washington capital e fiquei com outra família, que também não foi pra frente. No entanto, essa vivência me fez refletir sobre muitas coisas e aprender mais ainda.

Sempre recomendo pra quem for que faça intercâmbio, passe um tempo em outra cidade, ou outro país, porque é uma EXPERIÊNCIA e tanto, você nunca vai e volta a mesma pessoa. Algumas pessoas me procuram dizendo que estão tendo dificuldades pra conseguir ir e eu digo que as dificuldades acontecem pra 99% das pessoas, cabe a nós não desistirmos. Uma lição que pude adquirir com isto é perceber que quase todo mundo que tem um sonho grande, quando o realiza, nunca é 100% como planejado, o que não impede de ser algo incrível. Outra super lição foi notar que aquele ditado que diz que "Os verdadeiros amigos vemos na hora da dificuldade" é super mentira. Na realidade, vemos nossos verdadeiros amigos na hora do sucesso, porque muitos não suportam sua felicidade (o quanto de gente invejosa eu percebi, não estava no gibi).

Enfim, durante uma época fiquei sem falar este assunto por aqui pois ainda estava me acostumando ao fato dos meus planos terem sido diferentes do que planejei, mas em nenhum momento me arrependi e se tivesse que fazer tudo de novo, faria :) Na verdade, talvez eu tenha me arrependido de não ter sido mais aberta com minhas HF. Se eu tivesse que dar um conselho pra alguém que quer ser Au pair, é que seja sincera e diga o que pensa para seus hosts, os americanos são mais diretos que nós, não faça rodeios. No final das contas você notará que por mais que leia muito sobre o assuntos, assista muitos vídeos com dicas e tudo mais, cada um tem sua própria experiência e sempre haverão desafios, pois é isso que acontece quando saímos da nossa zona de conforto.

É isso aí pessoal, espero que vocês que tem um sonho corram atrás e consigam atingi-lo pois imagino o quanto deve ser ruim chegar a velhice com a sensação de que não tentou. Beijos, Thainá.

Se você quiser saber mais sobre minha vida de Au pair nos USA, veja a Playlist de vídeos que fiz na época ;)

quinta-feira, 3 de março de 2016

Precisamos falar sobre sua realização através dos filhos

Acabei de ler um texto muito bom sobre abuso materno e tive a ideia de dissertar sobre este tema, Realização através dos filhos, porque acabei linkando uma coisa a coisa.

Uma coisa que aconteceu ao longo da minha vida é notar que a maioria dos pais, A MAIORIA, tem filhos não planejados. Tenho 28 anos e conheço poucos casais que dizem ter planejado o nascimento de seus filhos. Acredito que o planejamento é o melhor jeito de haver um nascimento, mas não acho que o "acidental" seja a pior coisa do mundo, muitas famílias levam numa boa. As dificuldades acontecem em ambos os casos.

Me formei na faculdade de Direito, e embora não exerça essa profissão, senti na pele o que é ser alvo de expectativas alheias. Não vou nem dizer tanto pelos meus pais, acredito que tenham me cobrado na medida e não dependam financeiramente de mim. Mas pelas pessoas de minha vida. Foi comum ser questionada o tempo todo o que eu faria ao terminar a faculdade, induzida a fazer concurso público (sim, em pleno 2016 tem pessoas que acham que essa é a única saída da sua vida), ser alvo de gozações e olhares tortos ao optar por outros caminhos diferentes da minha formação, etc.

Meu filho será piloto de avião (mesmo tendo medo de altura)

Daí que pude notar em como é alto o número de pais que querem se realizar através dos filhos. Conheço um rapaz que seu filho deve ter cerca de 5, 6 anos de idade e ele diz que o filho seguirá determinada profissão. Tempos depois descobri por terceiros que ele, o pai, que queria ter seguido essa profissão e não aproveitou a oportunidade que teve. Já fico com pena desse filho que tão cedo já carrega essa responsabilidade de suprir a frustração do pai. Imagina se a criança cresce e resolve seguir outro destino...

Isto pode causar diversos males através do tempo, afastando os filhos dos pais, ou fazendo-os crescer como adultos intolerantes e ultra conservadores. Quando nos é imposta uma ideia desde o nascimento, tendemos a crescer sem questiona-la, engoli-la sem mastigar. O simples fato de pensar diferente pode ser mal visto entre a família ou até mesmo pela própria pessoa, um mal bem grande pode acontecer. Não digo que seguir seus princípios e ter seus dogmas pessoais possa ser algo ruim, só é algo ruim quando feito no automático, sem questionamento, sem ver-se por outros ângulos. É prejudicial formar-se um humano sem opinião própria.

Conheço várias pessoas que dizem que seus filhos serão "bailarina", "militar", torcerão pra determinado time, estudarão línguas ou serão engenheiros... e me pergunto: e você? Será que desistiu de si mesmo? Por que você mesmo não estuda línguas? O que te fez esquecer de si? Conheço mães e pais que tem condições disto, de voltar a estudar, de mudar o rumo de sua vida, mas mesmo assim não o fazem. Isto se chama PREGUIÇA. Claro que há casos de pessoas que já não tem mesmo mais saúde, condições físicas, financeiras, mas, se há um espacinho pra diversão, pra um mal hábito, por que não há espaço pra fazer o que você diz sempre ter querido?

Não espere que seus filhos cresçam pra suprir suas expectativas, pois ele ficará adulto e terá sua casa, sua família, e você muitas vezes só poderá contar com você mesmx. Não crie filhos "pra ter quem cuidar de você" no futuro, isto é de um egoísmo tremendo. Viva o agora e lembre-se que nunca é tarde pra aprender.

Foto: Edestinos

quarta-feira, 2 de março de 2016

Resenha Mixer Mondial Versatile Black, 200W

Eu adoro compartilhar com vocês resenhas de eletrodomésticos porque acho que ajuda muito quem está procurando algo pra comprar e precisa de referências.

Quando casei ganhei este Mixer da marca Mondial e meu marido ficou desconfiado pois muitas pessoas onde vivo ainda não conhecem esta marca. Falei pra ele que já tinha ouvido falar e acreditava ser boa, ainda sim, ele desconfiava.

Mixer Mondial Versatile

Após 3 anos de casados quase, posso dizer que este produto supriu minhas expectativas. Sei que ele era um dos mais baratos da loja pois a pessoa que me deu disse. Ainda sim, ele veio bem completo com um copo com tampa e um suporte pra pendurar na parede.

Veio com uma garantia de um ano mas nunca deu defeito nem nunca precisei lubrificar. Ele tem somente uma velocidade mas acredito que seja suficiente pra quem busca este propósito (que não seja triturar).

Ele faz um pouco de barulho mas é bem tranquilo, e o preço dele é em torno de R$60,00, R$70,00, bem mais barato que os da concorrência. É importante destacar que um mixer serve somente pra misturar e não triturar e processar alimentos. Para isto compre um processador.

Veja no vídeo abaixo a ação dele e tire suas próprias conclusões:


Vocês acham que vale mais a pena ter um mixer ou liquidificador? Deixe a sua opinião abaixo nos comentários, por favor. Beijos, Thainá.