domingo, 6 de março de 2016

Sobre a época de Au pair | Meu ano de Au pair nos USA

Resolvi fazer este post aqui pra falar de um assunto antigo porém ainda falado no blog.

Se você chegou aqui agora, deixa eu explicar: sempre fui blogueira, falava sobre dicas de beleza, cabelos, porque em meados de 2010 era o assunto que estava em alta. Porém, em 2013 fiz intercâmbio para os EUA e falei sobre isto aqui no blog. Dividia com outras meninas que também faziam ou queriam ser Au pair nos EUA informações sobre esse tipo de programa de intercâmbio.

Até hoje muitas pessoas me procuram pedindo informações sobre esse assunto e infelizmente sinto que não posso mais ajudar como antes, porque, pelo que soube, muitas regras pra participar desse tipo de intercâmbio mudaram.

Aqui no Blog tem uma sessão somente com posts da época, se você quiser ver, basta clicar aqui: Au pair.

Intercãmbio Au pair nos USA

Quando eu fui para os EUA, fiquei na cidade de Parker no Colorado e morei com uma Host family com 4 crianças. Dava muito trabalho mas pude aprender muita coisa nessa época. Pra mim, é mais fácil falar sobre isto agora porque quando amadurecemos vemos que erramos e temos outra perspectiva das coisas.

Depois de morar alguns meses com esta família fui para Washington capital e fiquei com outra família, que também não foi pra frente. No entanto, essa vivência me fez refletir sobre muitas coisas e aprender mais ainda.

Sempre recomendo pra quem for que faça intercâmbio, passe um tempo em outra cidade, ou outro país, porque é uma EXPERIÊNCIA e tanto, você nunca vai e volta a mesma pessoa. Algumas pessoas me procuram dizendo que estão tendo dificuldades pra conseguir ir e eu digo que as dificuldades acontecem pra 99% das pessoas, cabe a nós não desistirmos. Uma lição que pude adquirir com isto é perceber que quase todo mundo que tem um sonho grande, quando o realiza, nunca é 100% como planejado, o que não impede de ser algo incrível. Outra super lição foi notar que aquele ditado que diz que "Os verdadeiros amigos vemos na hora da dificuldade" é super mentira. Na realidade, vemos nossos verdadeiros amigos na hora do sucesso, porque muitos não suportam sua felicidade (o quanto de gente invejosa eu percebi, não estava no gibi).

Enfim, durante uma época fiquei sem falar este assunto por aqui pois ainda estava me acostumando ao fato dos meus planos terem sido diferentes do que planejei, mas em nenhum momento me arrependi e se tivesse que fazer tudo de novo, faria :) Na verdade, talvez eu tenha me arrependido de não ter sido mais aberta com minhas HF. Se eu tivesse que dar um conselho pra alguém que quer ser Au pair, é que seja sincera e diga o que pensa para seus hosts, os americanos são mais diretos que nós, não faça rodeios. No final das contas você notará que por mais que leia muito sobre o assuntos, assista muitos vídeos com dicas e tudo mais, cada um tem sua própria experiência e sempre haverão desafios, pois é isso que acontece quando saímos da nossa zona de conforto.

É isso aí pessoal, espero que vocês que tem um sonho corram atrás e consigam atingi-lo pois imagino o quanto deve ser ruim chegar a velhice com a sensação de que não tentou. Beijos, Thainá.

Se você quiser saber mais sobre minha vida de Au pair nos USA, veja a Playlist de vídeos que fiz na época ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas não serão aceitas *