quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Precisamos falar sobre piadas com cristãos

Comentei recentemente num vídeo que é permitido sim fazer piadas com cristãos, mas isto soou meio vago e de dupla interpretação. Cá estou aqui pra me explicar.

Hoje lançaram uma polêmica foto envolvendo o cristianismo numa promoção do Concurso Miss Bumbum 2016 (que merece uma ressalva pelo simples fato de ainda existir, mas falo disto num outro post). Na foto, as concorrentes simulam a imagem da Santa Ceia e cristãos pelo Brasil entraram em histeria. Não lhes tiro a razão porque acho que fé e orientação política são coisas muito íntimas, devemos respeitar , mas só até onde não interfira no direito dos outros.

Concurso Miss Bumbum

Acontece que nossa sociedade é basicamente cristã. Não digo que somos todos cristãos mas nossas leis, comportamentos e moral foram moldados no cristianismo, que de certa forma foi bom e ao mesmo tempo ruim. Os aspectos bons devemos valorizar e levar pra vida sempre, não nego, mas os aspectos ruins devem ser sim questionados e de preferência erradicados.

A escravidão do povo negro no Brasil, por exemplo, teve muita base bíblica e até hoje alguns pastores acreditam que a África é de fato uma terra amaldiçoada (a única maldição africana foi o domínio pelo homem branco). Nas décadas de 30, 40, negros não podiam casar-se na igreja, ainda mais se fosse um casamento inter-racial. As igrejas e os cristãos hoje em dia já aceitam melhor o negro, logo, o racismo é uma tradição cristã que aos poucos tem sido exterminada. Ótimo!

No entanto, a igreja ainda é restritiva e não aceita o casamento entre pessoas do mesmo sexo, por exemplo. Como a homofobia é cultural, sendo reproduzida inclusive por pessoas que não são da igreja, podemos afirmar com certeza que a igreja católica exerce uma ENORME influencia em nossa sociedade.

Se tal influencia é inquestionável e atinge tantos ramos sociais, como poderia uma pessoa oprimida ter poder pra escarnecer um cristão? Não tem! Uma piadinha com um cristão, embora infeliz, não tem poder de reproduzir nenhum estereótipo. Agora quando um cristão faz uma piada com um umbandista ou candomblecista, por exemplo, ele está repetindo uma ladainha escrota que a igreja pregou durante muito tempo enfatizando que religiões de matriz africana são ruins.

Não incentivo piadas contra cristãos nem com nenhuma religião, mas não podemos nunca comparar uma piada de mau gosto contra o cristianismo com piadas com negros e pessoas de outras religiões porque no primeiro caso não há uma estrutura social de preconceito enraizada na gente. No caso de religiões de matriz africana e pessoas de pele negra há um histórico cultural de preconceito e segregação. Não será eu que continuará perdurando esta filosofia.

Um comentário:

  1. Discussões sobre raça e religião sempre foram muito polêmicas. O mundo hoje já é heterogêneo o suficiente para todos saberem que existe uma cultura ou crença diferente da que é pregada em sua vida. Creio que a chave para isso é tolerância, já chega de conversas vazias que não chegam a lugar nenhum.

    Ótimo post.

    Via: www.osdiferentoes.com.br

    ResponderExcluir

Mensagens mal educadas não serão aceitas *