segunda-feira, 31 de julho de 2017

Estilo de Vida Minimalista

A um tempo atrás ouvi falar a palavra "minimalismo" e desde a época eu pressentia que seria algo a me agradar, mesmo sem saber exatamente do que se tratava. Depois que a Mandy Francesa do canal de mesmo nome começou a abordar este assunto eu tive certeza que nasci pra isto, hehe.

Fui uma jovem muito bagunceira quando morava na casa dos meus pais pois eu acreditava que "mais era mais", quando na verdade "mais é menos". Quando fiz 18 anos entrei na Faculdade de Direito e num dia de surto resolvi tacar um monte de coisas fora. Eram cadernos do colegial, brinquedos que a muito tempo não usava, besteiras que guardava como forma de lembrança sem a menor necessidade. Isso me ajudou me organizar pra faculdade e desde então passei a ser uma pessoa mais organizada.

Talvez você esteja lendo isto na esperança de se tornar alguém organizado e procurando soluções, mas a verdade que não passei por um processo, foi num dia de "surto" que me livrei de tudo de inútil e mantive assim até os dias de hoje. Sério, eu nem cheguei a pensar muito a respeito, simplesmente fiz.

Pra ser uma pessoa organizada você precisa desapegar de muitas coisas e entender que nem sempre organização = praticidade: você precisa facilitar as coisas pro seu dia a dia, não adianta criar esquemas que vão tomar seu tempo e paciência pois um dia cansará.

Após se livrar da tralha que não usa, crie rotinas de organização, como tentar acordar 30 minutos mais cedo pra arrumar a cama e lavar as louças antes de sair pra trabalhar (se você achar que vale a pena, é claro!). Não precisa ser exatamente isto que mencionei, sua casa e sua família que mostrarão o que de relevante precisa ser feito em primeiro plano.

O minimalismo consiste em manter somente o que precisamos mesmo. Uma casa cheia de coisas torna-se um ambiente menor e as chances de perdermos as coisas e não acharmos mais é altíssima. Torna-se um local que, por mais organizado que esteja, parece sempre bagunçado e sujo. Se livrar de certas coisas é um bem que você pode fazer a si mesmo e a quem convive contigo.

O trabalho de prevenção também é importante: evite comprar coisas pra "embelezar" a casa, coisas que você já tenha, principalmente as que você tem e não usa. Também evite coisas que não vão combinar com o que você já tem em casa, estes são alguns pilares do minimalismo.

Já assisti vídeos mostrando que em alguns locais da Europa nórdica (coincidentemente os países com melhor qualidade de vida) já se vivem assim. As pessoas desapegaram não somente de bens materiais mas também de redes sociais ou qualquer coisa que possa ser nociva a nossa mente. Este trabalho também é importante pro nosso interior pois somos o que vivemos, não o que temos.

Conheça um pouco mais do estilo de vida minimalista, você vai sentir como é bom viver assim, super vale a pena. Beijinhos, Thainá.

Se você gostou deste texto, curta nossa página no Facebook e acompanhe 💗⇩

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas não serão aceitas *