segunda-feira, 28 de agosto de 2017

A face de um eleitor do Bolsonaro

As vezes sinto que alguns companheiros da esquerda subestimam eleitores da família Bolsonaro. Eleitores da família Bolsonaro não são apenas adolescentes punheteiros desesperados por atenção, são também homens adultos que se recusam a admitir seus privilégios.

Eu sou uma pessoa privilegiada, estudei em bons colégios públicos (minha mãe sempre se esforçou pra achar vagas), estudei inglês, informática, morei no exterior e me graduei, mas isto não me impede de reconhecer que nem todos tem essa oportunidade. Infelizmente não tem!!

Estes "bolsominions" já passaram dos 30, sempre tiveram do bom e do melhor mas se recusam a admitir que a oportunidade não ocorre pra todos. Existem também aqueles que não tem onde cair mortos mas se acham parte de uma elite. São eles:
  • homens frustrados que chamam qualquer mulher que lhes recuse um convite de vagabunda;
  • religiosos que não podem ver ninguém se divertir que falam mal;
  • idosos privilegiados por gordas pensões que acham que a ditadura foi um período "lindo" (só pra eles né?);
  • mulheres desesperadas por atenção masculina que acham que, agradando-os, serão recompensadas (as famosas biscoiteiras)...

Então, não é só do público infanto-juvenil que Bolsonaro tem apoio.

Perfil dos Bolsominions
Pablo Vittar teve sua conta no Youtube invadida
por eleitores da família Bolsonaro
Estas pessoas se recusam a admitir as melhorias criadas pelo governo petista: muitos passaram a ter carro 0km, casa própria, tv a cabo, acesso a internet, mas ainda sim votam na família Bolsonaro que em 26 anos na carreira política nunca fizeram nada por eles (nem pelos militares que tanto "defendem). O governo PT fez em 13 anos muito mais que essa família fez em 26 mas você acha que o PT que "estragou" o Brasil. 

A face dos eleitores da família Bolsonaro é essa: a raiva pelo público LGBT, a religiosidade cega que os impede de questionar/estudar, o conservadorismo orgulhoso que recusa admitir qualquer coisa diferente (ainda que seja benéfica), o relativismo moral que aceita violência de várias maneiras, enfim... Nunca confie em quem pode invadir um canal no Youtube e prejudicar um artista somente por sua orientação sexual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagens mal educadas não serão aceitas *